Voz do MS

Esportes

Tite convoca seleção com 11 novidades em relação à lista da Copa do Mundo

Redação

[Via Correio do Estado]

O técnico Tite fez nesta sexta-feira (17), na sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), no Rio de Janeiro, a primeira convocação da seleção brasileira após a eliminação para a Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo. A lista do técnico traz 11 mudanças em relação ao elenco que disputou o Mundial na Rússia, entre junho e julho.

As principais novidades entre os 24 convocados são os meio-campistas Lucas Paquetá (Flamengo), 20, Arthur (Barcelona), 22, e Andreas Pereira (Manchester United), 22, e os atacantes Pedro (Fluminense), 21, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 10 gols, e Éverton (Grêmio).

“Tentei procurar ser o mais justo possível. A minha responsabilidade é com a seleção, mas tenho que enxergar o outro lado. Como procurei equilibrar, decidi não trazer dois de cada clube. Poderia chamar um do Palmeiras, o Bruno Henrique, que está jogando muito, mas tenho que dar a oportunidade a esses atletas.

A maneira de equilibrar isso foi o critério de não chamar dois atletas. Talvez, forçar uma convocação, trazer um atleta do Palmeiras, mas não entendi abrir mão do Fred e outros que estão em bom momento.

Ficam prejudicadas as três equipes em detrimento do Palmeiras em razão da convocação? Sim.”, disse o técnico Tite, ao justificar a convocação de jogadores de Corinthians, Flamengo, Grêmio e Cruzeiro, que disputam, assim como o Palmeiras, fases decisivas de Copa do Brasil e Libertadores.

O primeiro teste da nova seleção brasileira chamada por Tite acontecerá em setembro. O Brasil inicia o ciclo para a Copa do Mundo do Qatar com os amistosos contra os EUA, dia 7, em Nova Jersey, e El Salvador, dia 11, em Washington. A apresentação dos jogadores está prevista para o dia 2.

Além de iniciar o trabalho de olho no próximo Mundial, a seleção também tem em seu radar a disputa da Copa América de 2019, que será realizada no Brasil.

Para Tite, a convocação desta sexta-feira significa a largada para uma nova fase no comando da seleção brasileira. Ele acertou a renovação do contrato com a CBF em 25 de julho, apenas 19 dias após a derrota por 2 a 1 para a Bélgica, que custou a eliminação na Copa da Rússia.

Esta será a segunda vez que um treinador que não foi campeão com o Brasil em uma Copa do Mundo seguirá na seleção na abertura do ciclo seguinte.

Após ficar em terceiro lugar na Argentina, em 1978, Cláudio Coutinho foi mantido pela CBF à frente do time brasileiro.

Com a eliminação na Copa América de 79, depois de um empate por 2 a 2 com o Paraguai no Maracanã, Coutinho deixou o cargo e foi comandar o Flamengo.

Os convocados do Brasil pós-Copa
Goleiros:
Alisson (Liverpool)
Neto (Valencia)
Hugo (Flamengo)

Laterais:
Danilo (Manchester City)
Filipe Luís (Atlético de Madrid)
Fagner (Corinthians)
Alexsandro (Juventus)
Fabinho (Liverpool)

Zagueiros:
Marquinhos (PSG)
Thiago Silva (PSG)
Dedé (Cruzeiro)
Felipe (Porto)

Andreas Pereira (Manchester United)
Philippe Coutinho (Barcelona)
Willian (Chelsea)
Fred (Manchester United)
Arthur (Barcelona)
Lucas Paquetá (Flamengo)
Renato Augusto (Beijing Guoan)

Atacantes:
Neymar (PSG)
Roberto Firmino (Liverpool)
Douglas Costa (Juventus)
Pedro (Fluminense)
Éverton (Grêmio

Comentários

Últimas notícias