Voz do MS

Viagens

Primeiro Cruzeiro Fluvial de 2019 já tem data marcada para zarpar de Corumbá

Viagens e Turismo

[Via Campo Grande News]

Falta menos de um mês para zarpar o primeiro navio da temporada 2019/2020 do Cruzeiro Fluvial nas águas do Rio Paraguai, a partir do Porto Geral, em Corumbá, até a região da Serra do Amolar, um distrito corumbaense de 307 habitantes, encravado entre Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e a fronteira boliviana, distante 270 km do local de partida. A atividade no Pantanal sul-mato-grossense, de novembro deste ano a fevereiro do próximo ano, já tem duas viagens programadas.

O Cruzeiro levantará âncora duas vezes no mês de novembro, e a primeira será no dia 8. Batizado de Roteiro das Águas, o passeio incluirá atividades culturais e contato direto dos turistas com o modo de vida dos pantaneiros. A segunda será o Roteiro Terra e partirá no dia 11, apenas três dias depois. São roteiros de 4 a 5 dias de duração pelo sistema tudo incluso ao custo médio de R$ 3.590,00 por pessoa.

“Por ser um produto novo, a maioria do nosso público consumidor é formada por brasileiros das regiões Sudeste e Sul, principalmente de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. As estratégias para o público internacional começaram este ano, e isso exige um pouco mais de tempo para a inserção no mercado e amadurecimento, mas com certeza logo teremos muitos estrangeiros vindo ao Pantanal parta navegar no Rio Paraguai”, disse Luiz Ricardo Julião da Rocha, diretor do receptivo Joice Tour, responsável pelo Cruzeiro Pantanal.

Em plena época do ciclo das águas que alagam a planície pantaneira, o Cruzeiro estará repleto de atrações dentro e fora do navio, desde convívio com a natureza em caminhadas mata adentro e safáris de contemplação da fauna e da flora, passeios de bote pelas comunidades ribeirinhas, cavalgadas em fazendas e apreciação do pôr do sol pantaneiro.

O navio Kayamã com a Serra do Amolar ao fundo, uma vista deslumbrante para os passageiros (Foto: Divulgação)O navio Kayamã com a Serra do Amolar ao fundo, uma vista deslumbrante para os passageiros (Foto: Divulgação)

A estrela do passeio é um navio categoria 5 estrelas. É o Kayamã, equipado de 25 cabines (20 externas com varanda) e todas com ar condicionado, aparato indispensável para fazer frente a temperaturas na casa dos 40 graus no Pantanal. Mas também tem o Comodoro, o mais novo barco da Joice Tour, de 11,5 metros de largura e 42,5 metros de comprimento, duas piscinas, sala de jogos, sala de cinema, academia e 100% de seus resíduos tratados.

O Cruzeiro foi criado para o turismo contemplativo do Pantanal e alternativa econômica para a época da Piracema, entre novembro e fevereiro, que é quando a pesca está proibida nos rios de Mato Grosso do Sul. A operadora comandada por Joice Carla Santana Marques, proprietária da Joice Tour, tem cruzeiros de pesca esportiva como principal produto há 19 anos.

Lançado há quatro anos, só há dois anos o Cruzeiro de ecoturismo está operando nas águas do Rio Paraguai. “Antes de iniciar a comercialização foram dois anos de promoção e viagens testes”, afirmou Luiz Ricardo Julião da Rocha.

Um lembrete importante para quem vai fazer o passeio pela primeira vez. Durante a viagem o telefone celular será um mero equipamento fotográfico ou de filmagens, porque ficará o tempo todo fora do ar. Esteja com o bolso pronto para o caso de precisar fazer alguma chamada por satélite ao custo de R$ 20 por minuto.

Comentários

Últimas notícias