Voz do MS

ColunassingleSaúde e Bem-Estar

Microagulhamento

Fernanda Barbosa

Você sabe o que é microagulhamento ?

Conhecido também como indução percutânea de colágeno, esse tratamento é o verdadeiro queridinho das famosas e está revolucionando a dermato e estética pelos seus resultados.

Mas afinal o que é o microagulhamento? Esse procedimento estético é versátil, ou seja, pode ser usado para vários fins. a técnica consiste em aplicar sobre a pele um roller com microagulhas, que formam micro canais na pele, dessa maneira é feita a penetração de ativos por meio da técnica conhecida como drug delivery. Os ativos variam de acordo com a necessidade de cada paciente ( exemplos: vit c, ácido hialurônico, ácidos clareadores entre outros).

A pergunta que não quer calar,  o microagulhamento trata o que?

Como eu disse antes, o microagulhamento é indicado  em várias situações. algumas delas são:

– melasma;

– cicatrizes de acne;

– rugas e linhas de expressão;

– rejuvenescimento de face, pescoço, colo e mãos;

– estrias;

– alopécia (queda de cabelo).

É um tratamento com excelente custo benefício. e para quem é ansioso, pode ficar tranquilo, por que é possível ver resultados efetivos com poucas sessões. Geralmente são necessárias de 2 a 5 sessões, com intervalos de 21 a 30 dias, sendo usados fórmulas específicas para cada objetivo a ser tratado. A partir de 5 dias da primeira sessão, já são observadas e sentidas melhoras na textura e coloração da pele. Os resultados são duradouros, em média um ano e meio a 2 anos nos casos de rejuvenescimento (o tempo de envelhecer novamente),  e nos casos de clareamento de manchas os resultados são permanentes.

Além disso tem três ótimas vantagens: pode ser usado em qualquer região do corpo, pode ser feito no verão e em qualquer tom de pele.

Os valores de sessões variam entre 400 a 650 reais. Entretanto como todo procedimento estético, é preciso tomar vários cuidados, e o principal deles é fazer o tratamento com um  um profissional capacitado e que domine a técnica. Observe se os produtos  usados são registrados pela anvisa, esterilizados e de uso único (não podem ser reutilizados pelo alto risco de contaminação). Cuidado também com os preços baixos demais, pois são sinal de falta de registro. Fiquem atentos!

O procedimento é contra-indicado somente para gestantes e para quem tem tendência a queloides, acne ativa e câncer).

 

Comentários

Últimas notícias

Colunas