Voz do MS

Política

Ainda sem nomeação, alunos da Agepen fazem protesto na Câmara

Redação

[Via Correio do Estado]

Grupo de alunos aprovados no concurso e formados no curso de formação da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) foram até a Câmara Municipal de Campo Grande durante sessão ordinária desta terça-feira (11) para protestar porque ainda não foram convocados para assumir os cargos. Ao todo são 500 alunos que esperam a convocação do Governo do Estado.

De acordo com o aluno representante do grupo, Diego Aranda, todos os aprovados precisaram sair de seus empregos para se dedicarem ao curso de formação com a esperança que seriam convocados após o término do curso. “O curso de formação exigia dedicação exclusiva, ou seja, sair do emprego para se dedicar apenas ao curso. Ele durou 90 dias e a promessa era que após terminar o curso, nós seríamos nomeados para trabalhar no sistema. Até então o governo não tem uma data oficial para nossas nomeações, o secretário de segurança fala que metade do nosso grupo será nomeado para trabalhar no novo presídio que foi entregue, mas ele também não desenrola a situação”, disse.

Ainda de acordo com Aranda, o grupo já realizou outros atos em busca de sensibilizar o governo e decidiram recorrer a Câmara Municipal para tentar receber apoio dos vereadores. “Nós estamos aqui na Câmara Municipal para pedir também o apoio dos vereadores e sensibilizar a população para a nossa causa”, finalizou.

Correio do Estado entrou em contato com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e a  Agepen sobre o caso, mas até a publicação desta reportagem não houve retorno.

PARALISAÇÃO

No mês passado, grande quantidade de alunos da Agepen se uniram a servidores de segurança do Estado durante paralisação no Parque dos Poderes. Policiais militares, civis, agentes penitenciários e militares do Corpo de Bombeiros participaram do ato que finalizou em frente a Governadoria. A reivindicação era sobre o reajuste do salário da categoria e a valorização dos direitos do profissional.

 

Comentários

Últimas notícias